14º Tabelionato de Notas

NOTÍCIAS

Justiça do Amapá inaugura sala de atendimento inclusivo no Fórum de Macapá
06 DE DEZEMBRO DE 2023


A acessibilidade é um conjunto de condições e possibilidades para que todas as pessoas possam utilizar os espaços públicos ou privados de forma autônoma e segura. E foi com esse objetivo que na manhã da última terça-feira (28/11), a Justiça do Amapá inaugurou a “Central de Acessibilidade e Informação ao Cidadão”, localizada no Fórum de Macapá. Um espaço estruturado e adequado para o atendimento humanizado e inclusivo de pessoas com deficiências (PCD), ou que possuem algum nível de necessidade de acessibilidade, e buscam o acesso aos serviços da Justiça amapaense.

O presidente do Tribunal de Justiça do Amapá (TJAP), desembargador Adão Carvalho, comemorou o fato de a Central ter se tornado uma realidade. “Com planejamento e muito trabalho, que inclusive envolveu várias frentes, concretizamos esse importante canal que se torna uma declaração concreta de que a acessibilidade e a inclusão são direitos universais e devem estar presentes em todas as áreas e em todos os espaços”, afirmou.

A diretora do Fórum de Macapá, juíza Laura Costeira, reforçou que a instalação de um ambiente estruturado para as pessoas com deficiência resulta em um atendimento mais humanizado. “Quando essa demanda foi apresentada à nossa diretoria, imediatamente procuramos encontrar um local adequado para atender essa demanda, tão importante e inclusiva. É um passo muito importante para nossa Justiça estadual”, destacou a magistrada.

“Estamos cumprindo mais do que uma norma do nosso Conselho Nacional de Justiça. Essa instalação representa um olhar além, um atendimento melhor, humanizado e acolhedor para este jurisdicionado que tanto precisa da gente”, ressaltou a juíza auxiliar da Presidência do TJAP e presidente da Comissão de Acessibilidade e Inclusão, Marina Lustosa.

A solenidade de inauguração também contou com a presença dos juízes de Direito Marcus Quintas, Lívia Simone, Délia Ramos e Diogo Tanaka; o secretário-geral do TJAP, Veridiano Colares e a Secretária de Gestão de Pessoa, Kátia Milena Salomão de Almeida.

Central de Acessibilidade e Informação ao Cidadão

Instalada no térreo do Fórum de Macapá, com entrada pela Rua Manoel Eudóxio Pereira, a sala da Central possui uma equipe formada por uma Assistente Social, uma Intérprete de Língua Brasileira de Sinais (Libras) e estagiários de Direito para atender o público que possui deficiência física, visual e auditiva, além de pessoas com transtorno do espectro autista (TEA).

A assistente Social do TJAP, servidora Carla Aldine, explicou que a equipe estará à disposição do público para auxiliá-los no acesso aos Sistemas disponibilizados pelo TJAP.

“Não queremos que essas pessoas se sintam ‘perdidas’ ao entrarem no Fórum de Macapá, por isso é importante esta nossa assistência. Eu acredito que a Justiça do Amapá se torna mais justa quando demonstra ter essa preocupação de proporcionar um atendimento de maior qualidade para todos”, concluiu a servidora.

Fonte: TJAP.

Macrodesafio - Garantia dos direitos fundamentais

The post Justiça do Amapá inaugura sala de atendimento inclusivo no Fórum de Macapá appeared first on Portal CNJ.

Outras Notícias

Anoreg RS

Tecnologia financeira otimiza o fluxo de pagamentos em cartórios
29 de fevereiro de 2024

Tecnologia financeira otimiza o fluxo de pagamentos em cartórios


Anoreg RS

Câmara pode votar mudança em registro de imóveis e tarifa social de água e esgoto
29 de fevereiro de 2024

Câmara pode votar mudança em registro de imóveis e tarifa social de água e esgoto


Anoreg RS

G1/RS – Golpe do falso cartório: criminosos fraudam boletos para cobrança de dívidas no RS; saiba como se proteger
29 de fevereiro de 2024

G1/RS - Golpe do falso cartório: criminosos fraudam boletos para cobrança de dívidas no RS; saiba como se proteger


Anoreg RS

Como fica o registro de quem nasce em 29 de fevereiro? Entenda
29 de fevereiro de 2024

Como fica o registro de quem nasce em 29 de fevereiro? Entenda


Anoreg RS

Artigo – Exclusão do sobrenome do pai ou mãe pela marca do abandono afetivo: outra forma de tutela da pessoa humana dos filhos
29 de fevereiro de 2024

Artigo – Exclusão do sobrenome do pai ou mãe pela marca do abandono afetivo: outra forma de tutela da pessoa...


Anoreg RS

Vontade de rescindir contrato de aluguel pode ser comunicada por e-mail, decide Terceira Turma
28 de fevereiro de 2024

Vontade de rescindir contrato de aluguel pode ser comunicada por e-mail, decide Terceira Turma


Anoreg RS

Artigo – A decisão do STF sobre o regime da separação obrigatória de bens e os caminhos possíveis da reforma do CC – Por Flávio Tartuce
28 de fevereiro de 2024

Artigo – A decisão do STF sobre o regime da separação obrigatória de bens e os caminhos possíveis da reforma...


Anoreg RS

Imóvel de esposa de devedor com separação de bens não entra em penhora
28 de fevereiro de 2024

Imóvel de esposa de devedor com separação de bens não entra em penhora


Anoreg RS

STJ autoriza homem a incluir sobrenome do padrinho no próprio nome
28 de fevereiro de 2024

STJ autoriza homem a incluir sobrenome do padrinho no próprio nome


Anoreg RS

Provimento nº 15/2024 – Altera artigo da CNNR tornando obrigatório o horário ininterrupto de atendimento ao público das serventias extrajudiciais nos municípios com mais de cem mil habitantes
28 de fevereiro de 2024

Provimento nº 15/2024 - Altera artigo da CNNR tornando obrigatório o horário ininterrupto de atendimento ao...