14º Tabelionato de Notas

NOTÍCIAS

Anoreg-BR – Especialistas em liderança afirmam que o PQTA desafia líderes e equipes das serventias extrajudiciais na busca por melhorias
26 DE NOVEMBRO DE 2021


A segunda palestra do Encontro da Qualidade Anoreg, promovido pela Associação de Notários e Registradores do Brasil (Anoreg-BR), nesta quinta-feira (25/11), abordou o tema “Liderança e Equipe” nos cartórios extrajudiciais.

A apresentação ficou por conta da registradora de Imóveis em Londrina e doutoranda em Ciências Jurídicas, Caroline Feliz Sarraf Ferri, e da diretora do grupo Txai, Denise Fernandes da Cruz, enquanto a moderadora da mesa foi a diretora executiva da Anoreg-BR, Fernanda de Almeida Abud Castro.

Na ocasião, a registradora Caroline Feliz Sarraf Ferri ressaltou a função do líder de influenciar pessoas com o foco nas metas das organizações. Nesse sentido, segundo ela, as premiações do Prêmio de Qualidade Total Anoreg/BR (PQTA) desafiam líderes e equipes na busca de melhorias pela qualidade da prestação dos serviços extrajudiciais à sociedade.

“O papel dos gestores das serventias é conduzir pessoas a um objetivo. Sempre participei do PQTA em razão do sentimento de valorização, da autoestima, da simbologia criada com o reconhecimento do trabalho da equipe. É isso que o PQTA faz: muda a autoestima de todos nos cartórios”, afirmou ela, que contou sobre a vivência que teve com as lideranças e equipes das serventias extrajudiciais ao longo dos últimos 12 anos.

Durante a apresentação, Caroline Feliz Sarraf Ferri listou as principais características que precisam ser desenvolvidas pelo líder. “O papel dos gestores das serventias é conduzir pessoas a um objetivo. Todos os líderes têm uma visão inspiradora, como de estar no PQTA e, antes disso, de organizar os procedimentos da casa. Outro ponto importante é ser íntegro para a equipe confiar e seguir esse líder, quem precisa ter autoconhecimento e confiança em si”, informou.

Criatividade, positividade, resiliência e resistência frente aos desafios foram mais algumas características mapeadas, além de manter o grupo unido diante de uma proposta, dedicar o tempo na preparação das pessoas, ajustar o contexto ao propósito, causar mudanças e saber lidar com as emoções.

A moderadora do evento, Fernanda de Almeida Abud Castro, falou sobre a necessidade do líder ter um olhar mais profundo da gestão das serventias extrajudiciais, além da importância de manter a equipe unida. “Oriento os cartórios que não tiveram oportunidade de se inscrever no PQTA, que revejam os requisitos com mais tranquilidade no site da Anoreg Brasil. É importante eles se prepararem e adequarem à premiação no próximo ano”, sugeriu.

A diretora do grupo Txai, parceria dos cartórios extrajudiciais brasileiros no treinamento de notários e registradores, Denise Fernandes da Cruz, reforçou que os líderes precisam impulsionar o cartório a prestar os serviços extrajudiciais de forma inovadora. “É preciso entregar o serviço com segurança jurídica, rapidez e gerar satisfação para as pessoas. Hoje, a entrega precisa ser mais rápida e assertiva. Os cartórios que não fizerem esse movimento serão substituídos”, afirmou a estudiosa no assunto.

Segundo ela, quem está a frente desse movimento é o líder, quem precisa estar em processo de evolução. “Em contrapartida, a equipe vem junto uma vez que a liderança é admirada e traz resultado. Portanto, o líder precisa comunicar, olhar para si e se conhecer”, apontou.

Para isso, primeiro é necessário conhecer as habilidades adquiridas. “Alguns líderes são mais executores enquanto outros são planejadores, ou mais comunicadores e analíticos. Os treinamentos de liderança ajudam o líder a olhar para si e constatar que precisam suprir deficiências, por exemplo, com a contratação de outros profissionais, com o objetivo de entregar os serviços extrajudiciais de forma mais rápida e segura”, informou.

Depois da palestra “Liderança e Equipe” ocorreu a entrevista exclusiva de melhores práticas às 15horas. Para fechar a programação, durante a noite, aconteceu a premiação do PQTA e do PNA às 19 horas. Os eventos foram realizados de maneira remota pelo canal do Youtube da Anoreg-BR (www.youtube.com/c/AnoregBrasil).

Fonte: Assessoria de Comunicação Anoreg-BR

Outras Notícias

Anoreg RS

TJRS – PROVIMENTO Nº 21/2022 CGJ – REGISTRO DE IMÓVEIS: Autoriza a publicação dos editais por meio eletrônico.
25 de maio de 2022

Clique aqui e confira a normativa na íntegra.


Anoreg RS

TJRS – EDITAL Nº 069/2022 – CECPODNR (Concurso Notarial e de Registros – 2019)
24 de maio de 2022

Clique aqui e confira na íntegra.


Anoreg RS

Informativo de Jurisprudência do STJ – Incorporação imobiliária. Sociedade de propósito específico. Patrimônio de afetação. Recuperação judicial. Destituição. Não ocorrência. Prerrogativa
24 de maio de 2022

A atividade de incorporação imobiliária está geralmente estruturada na forma de uma holding que controla...


Anoreg RS

Terceira Turma do STJ define hipóteses para recuperação de sociedades de propósito específico imobiliárias
24 de maio de 2022

A Terceira Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ) definiu as possibilidades de submissão de sociedades de...


Anoreg RS

Artigo – A cláusula de inalienabilidade testamentária: breves considerações
24 de maio de 2022

O presente artigo visa analisar a possibilidade de rever a inalienabilidade gravada sobre bem, após ocorrida...


Anoreg RS

Celebração de contrato pré-nupcial não é rara e fica a critério do casal, explica advogada
24 de maio de 2022

O assunto ganhou proporções consideráveis e ocupou boa parte do noticiário nas últimas semanas: os astros...


Anoreg RS

Entenda qual é a importância da matrícula do imóvel
24 de maio de 2022

Em suma, a matrícula diz respeito à identificação do imóvel, de modo que este é o documento responsável por...


Anoreg RS

Artigo – Contrato de namoro: qual a sua validade jurídica?
24 de maio de 2022

O dia dos namorados, celebrado em 12 de junho, traz à tona sentimentos importantes como o amor, o respeito e...


Anoreg RS

Ibdfam é admitido pelo STF como amicus curiae em ação que garante termo “filiação” em vez de “pai e mãe” na Declaração de Nascido Vivo
24 de maio de 2022

O Instituto Brasileiro de Direito de Família – IBDFAM foi admitido como amicus curiae pelo Supremo Tribunal...


Anoreg RS

Artigo – Aluguel pelo uso exclusivo do imóvel comum e exceção das vítimas de violência
24 de maio de 2022

O curso natural de uma relação que chega ao fim é a busca pelo divórcio ou dissolução da união estável para...