14º Tabelionato de Notas

NOTÍCIAS

Presidente da Anoreg/RS participa da I Jornada de Direito Notarial e Registral
05 DE AGOSTO DE 2022


Abertura aconteceu nesta quinta-feira (04) na sede do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), em Recife

O presidente da Associação dos Notários e Registradores do Estado do Rio Grande do Sul (Anoreg/RS), João Pedro Lamana Paiva, integra o time de juristas da I Jornada de Direito Notarial e Registral, na sede do Tribunal Regional Federal da 5ª Região (TRF5), em Recife. Lamana Paiva é jurista na comissão sobre “Registro de imóveis”, que recebeu 197 proposições.

O evento começou nesta quinta-feira (04), tendo “O Judiciário no novo milênio” como tema da conferência inaugural. O coordenador-geral da Jornada, que também é vice-presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do Centro de Estudos Judiciários (CEJ), corregedor-geral da Justiça Federal e diretor do CEJ, ministro Jorge Mussi, apresentou o tema inaugural.

A I Jornada de Direito Notarial e Registral é uma realização do CJF, por intermédio do Centro de Estudos Judiciários (CEJ), em parceria com o TRF5 e com a Escola de Magistratura Federal da 5ª Região (Esmafe).

O objetivo do encontro é promover condições ao delineamento de posições interpretativas sobre o Direito Notarial e Registral contemporâneo, adequando-as às inovações legislativas, doutrinárias e jurisprudenciais, a partir de debates entre especialistas e professores, conferindo segurança jurídica em sua aplicação.

Para o ministro, “essa 1ª edição da Jornada tem um significado muito especial, pois acentua um momento inovador e de cooperação entre os segmentos de serventias judiciais e extrajudiciais na busca de novos horizontes que contribuam para o desenvolvimento do ramo da ciência jurídica, dedicado aos estudos do direito notarial e registral e que trarão reflexos fundamentais na melhoria da interlocução e dos serviços prestados pelo Estado aos seus cidadãos.”

Estiveram presentes o presidente do Superior Tribunal de Justiça (STJ) e do CJF, ministro Humberto Martins, o presidente do TRF5, desembargador federal Edilson Nobre, vice-presidente do STJ, o representante do governador do Estado de Pernambuco, o procurador geral do Estado Ernani Varjal Medicis, além dos coordenadores científicos da Jornada, ministros do STJ Sérgio Kukina e Ribeiro Dantas.

A mesa de abertura também contou com a presença dos presidentes de comissões da I Jornada de Direito Notarial e Registral, do presidente da Escola Nacional de Notários e Registradores, de desembargadores de Tribunais Regionais Federais, entre outras autoridades.

Na ocasião, o presidente da Ennor, Rogério Portugal Bacellar, entregou uma placa de homenagem ao ministro Jorge Mussi.

 

 

Enunciados

O encontro contará com seis comissões temáticas, que receberam, ao todo, 663 sugestões de propostas de enunciados. Os debates nos grupos serão presididos por ministros do Superior Tribunal de Justiça e tratarão temas de Registro civil de Pessoas Naturais, Registro de imóveis, Registro de Títulos e Documentos e Civis de Pessoas Jurídicas, Tabelionato de Notas, Protesto de Títulos e “O juiz e a atividade notarial e registral”.

Os enunciados vão servir para fundamentação jurídica em todas as instâncias do Poder Judiciário, além de orientar os magistrados do país com entendimentos já consolidados por juristas e acadêmicos.

Em entrevista à Anoreg/BR, o ministro Humberto Martins destacou a importância em ter uma jornada dedicada ao direito notarial e registral e afirmou que “a atividade presta relevantes serviços à sociedade brasileira, principalmente no campo da segurança jurídica, onde todos podem confiar no trabalho dos oficiais”.

 

 

 

 

 

 

 

Fonte: Assessoria de Comunicação – Anoreg/RS, com informações da Anoreg/BR

 

 

Outras Notícias

Anoreg RS

Artigo: O que você sempre quis saber sobre a união estável – Por Fernanda de Freitas Leitão
11 de agosto de 2022

A união estável para ser reconhecida como entidade familiar deverá ser pública, contínua, duradoura,...


Anoreg RS

Artigo – Tributação do trust deve ser pelo ITCMD, não pelo imposto de renda
11 de agosto de 2022

Essa transferência de ativos para a formação do trust é complexa e ainda não foi pacificada, inclusive não foi...


Anoreg RS

Comunidades quilombolas defendem agilidade na regularização de terras
11 de agosto de 2022

Durante audiência da Comissão de Direitos Humanos (CDH) do Senado, nesta quarta-feira (10), o senador Paulo Paim...


Anoreg RS

Parcela Express recebe certificação relativa à Segurança de Dados
10 de agosto de 2022

Certificado internacional atesta responsabilidade da empresa na segurança e proteção de dados pessoais dos usuários


Anoreg RS

Presidente da Anoreg/RS recebe título de Cidadão de Porto Alegre
10 de agosto de 2022

O evento reuniu autoridades dos poderes Legislativo, Judiciário e de órgãos da sociedade civil, além de...


Anoreg RS

Entidades registrais e Sinduscon realizam visita de cortesia ao corregedor-geral da Justiça do RS
10 de agosto de 2022

Na oportunidade, foi apresentada a nova diretoria do Sinduscon e as pautas que englobam os serviços registrais e da...


Anoreg RS

Rádio Justiça aborda questão da tecnologia 5G e seu impacto no mercado imobiliário
10 de agosto de 2022

Entrevista com Júlio Delamôra tratou da locação de espaços para instalação de antenas de telefonia.


Anoreg RS

Artigo: Uma importante mudança no registro de pessoas – Por Rogério Tadeu Romano
10 de agosto de 2022

Dispõe o artigo 16 do Código Civil que toda pessoa tem direito ao nome, nele compreendidos o prenome e o sobrenome.


Anoreg RS

TJ-SP não valida contrato de honorários baseado em conversa de WhatsApp
10 de agosto de 2022

Para o ajuizamento de ação de execução, sem prévio processo de conhecimento, o autor deve dispor de um título...


Anoreg RS

Artigo – Ex-companheiro pode pedir usucapião quando exerce posse do bem comum
10 de agosto de 2022

No julgamento do Recurso Especial nº 1.840.561/SP, a 3ª Turma do Superior Tribunal de Justiça (STJ), sob a...